Cinema e TV

As 24 melhores séries originais da Netflix

A plataforma streaming sabe que mudou a maneira como assistimos televisão, e tem investido bastante em conteúdos originais para a gente ficar horas no sofá, fazendo aquela boa maratona. Não à toa, muitas destas estão entre as melhores produções já criadas.

Nesta matéria facilitamos um pouco sua busca, e selecionamos algumas das melhores séries originais da Netflix, com base em nossos gostos pessoais.

Lembrando que, apesar de a Netflix chamar de produções “originais” as que eles apenas compram os direitos e são de outras emissoras, nós nos focamos apenas nas produções próprias da plataforma em si.

Confira!

As 24 melhores séries originais da Netflix

Ozark

O consultor financeiro Marty Bird (Jason Bateman) se muda com a família para os arredores do lago Ozark, Missouri, onde ele elabora um esquema de lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas. A série se concentra em torno do lado selvagem do capitalismo, corrupções e conflitos familiares. Criada por Bill Dubuque e Mark Williams. Veja o trailer neste link

Disjointed

Comédia criada por Chuck Lorre, tem um humor destinado aos simpatizantes e curiosos da cannabis. Kathy Bates interpreta uma defensora da legalização da maconha para fins recreativos, que concretiza seu sonho de gerenciar uma coffee shop ao lado de seu filho e outros 4 funcionários. A série se desenvolve a partir das estórias pessoais de cada personagem e suas peculiaridades, e traz boas mensagens que desconstroem o preconceito sobre a erva. Trailer neste link.

Dark

Baran bo Odar e Jantje Friese criaram uma das séries mais geniais de todos os tempos, e a primeira alemã da Netflix. A trama é ambientada em 2019, ano em que um garoto desaparece e quatro famílias se unem em busca de respostas. Descobre-se em algum momento a relação entre o desaparecimento de uma outra criança que ocorreu em 1986, o qual nunca foi resolvido. Ambos os casos, curiosamente, aconteceram nos arredores da floresta próxima à uma usina nuclear. É aí que somos presos em um labirinto onde o terror, a física, filosofia e imaginação pairam sobre nossas mentes. Trailer neste link.

Stranger Things

Esta é a queridinha da Netflix, que retorna à década de 80 e traz trilha sonora, ambientação, vestuário e referências da cultura pop da época. Baseada no jogo de tabuleiro “Dungeons & Dragons”, mescla ficção científica e terror para contar a batalha entre Will Bayers e seus amigos contra o monstro Demogorgon. Trailer neste link.

O Justiceiro

Adaptação dos quadrinhos do anti-herói da Marvel mostra o homem por trás da caveira; Frank Castle, interpretado por John Bernthal. É pesada, violenta e sombria ao retratar a decadência de um ex-fuzileiro naval em busca de vingança sobre os que mataram sua família. As cenas de luta, diálogos, e um personagem mais humano, são o ponto forte da produção, que também traz um reflexo da realidade que veteranos da guerra enfrentam. Trailer neste link.

Black Mirror

Os novos episódios da quarta temporada da antologia criada por Charlie Brooker, parecem estar mais próximos da nossa realidade do que nunca, o que é bem angustiante. O mal estar da sociedade contemporânea, ao lado da intensificação da tecnologia, ainda são o foco da série que retrata em seis capítulos, a tirania, superproteção, relações modernas, racismo e temas tão atuais quanto reais. Veja o trailer aqui.

Mindhunter

Série dirigida por David Fincher (House of Cards, Clube da Luta e Garota Exemplar), é ambientada na década de 70 e acompanha o desenvolvimento e pesquisas da BSU, unidade de psicologia do FBI que mergulhou na mente dos serial killers mais famosos que aterrorizaram os Estados Unidos, como Ed Kemper, David Berkowitz, Richard Speck e outros. Veja o trailer aqui.

Luke Cage

O personagem homônimo dos quadrinhos da Marvel ganha vida na série criada por Cheo Hodari Coker. Mike Colter vive o protagonista, um ex-condenado que possui força sobre-humana, a qual ele usa para combater o crime. Um ponto interessante é a ambientação nas ruas de Harlem, centro cultural e comercial afro-americano em Nova York. Trailer neste link.

Better Call Saul

O Spin-Off de Breaking Bad, criado por Vince Gilligan e Peter Gould, é ambientada seis anos antes da aparição do advogado James Morgan na série, e narra sua trajetória antes de se tornar Saul Goodman. Trailer neste link

Godless

Drama criado por Scott Frank, é ambientado no velho-oeste e acompanha um fora-da-lei chamado Frank Griffin (Jeff Daniels), que aterroriza o Novo México em busca de seu inimigo Ray Goode (Jack O’Connell). Durante o caminho, ele encontra a  pequena cidade de  La Belle, cuja população é formada inteiramente por mulheres. Trailer neste link

Master of None

Humor destinado aos jovens adultos, retrata com fidelidade os eventos que todos enfrentaram pelo menos uma vez na vida. Criada, produzida e protagonizada por Aziz Ansari, é um reflexo da realidade dos jovens que cresceram na década de 90 e hoje encaram a vida adulta. Diálogos divertidos e situações inusitadas fazem desta, uma das melhores já criadas pela plataforma. Trailer neste link

Gypsy

Naomi Watts protagoniza Jean Holloway, uma psicóloga que desenvolve relações íntimas com seus pacientes. Criada por Lisa Rubin, mostra como os limites são ultrapassados quando se trata de curiosidade sobre a vida alheia, principalmente em tempos que todos tornam suas vidas públicas em redes sociais; um prato cheio para os famosos stalkers. Infelizmente, a série foi cancelada e apenas uma temporada foi ao ar. Trailer neste link

Alias Grace

Uma das produções mais refinadas da Netflix é adaptada do romance homônimo de Margaret Atwood, “Vulgo Grace”. Baseada em eventos reais, acompanha a história de Grace Marks (Sarah Gordon), uma jovem pobre que foi condenada à prisão perpétua pelo assassinato brutal de seu patrão e governanta da casa onde trabalhava como empregada doméstica. Um psiquiatra se interessa pela sua história e dá início a uma série de visitas, que revelam versões de acontecimentos e, com eles, viajamos dentro da mente de Grace. Assim como “The Handmades Tale”, Margaret explora questões sobre a forte dominação patriarcal na sociedade, e os caminhos obscuros que toda mulher enfrenta. Então espere levar muitos tapas na cara, com diálogos fortes e profundos – para incomodar e pensar. Trailer neste link

Santa Clara Diet

Comédia criada por Victor Fresco, estrela Drew Barrymore e Timothy Olyphant, que interpretam um casal de corretores de imóveis, moradores do subúrbio e aparentemente comuns. As coisas mudam um pouco quando a mulher sofre mudanças radicais e começa a sentir desejo por carne humana. Trailer neste link

Orange Is The New Black

Desenvolvida por Jenji Kohan, Sara Hess e Tara Herrmann, é baseada em Orange Is The New Black: My Year in a Women’s Prison, memória de Piper Kerman, na qual ela narra suas experiências em uma prisão federal de segurança mínima. A trama gira em torno de estórias pessoais das prisioneiras, o cotidiano da vida na prisão e os desafios de conviverem juntas. Trailer neste link

As Telefonistas

Primeira produção espanhola do streaming, narra o cotidiano de quatro jovens telefonistas em uma empresa que está se preparando para mudar a maneira de como se trabalha com comunicação na Europa. A trama é ambientada entre a década de 20 e 30, e aborda temas ainda atuais de tom progressista e feminista. Trailer neste link.

Castlevania

Animação adaptada do clássico de NES, Castlelvania III: Dracula’s Curse,  e apresenta Trevor Belmont protegendo o condado de Valáquia contra as ameaças do vampiro Drácula e seu exército de monstros. O estilo da série tem grande influência em animes japoneses e no jogo  Castlevania: Symphony of the Night, de Ayami Kojima. Trailer aqui.

Wormwood

Série documental dirigida pelo renomado Errol Morris, mescla realidade e ficção ao narrar a investigação de um homem sobre o assassinato de seu pai, que aconteceu há 60 anos. Supostamente, ele participava de experimentos com LSD para controle mental, liderado pela CIA. A pergunta central é: estaria a Agência por trás do homicídio? Trailer aqui.

Grace and Frankie

Esta é daquelas séries agradáveis que mostra conflitos familiares de maneira leve e descontraída. Estrelada por Jane Fonda e Lyli Tomlin, duas amigas que vão morar juntas e enfrentam as dores da separação, após seus respectivos maridos declararem um antigo caso de amor entre eles. Grace, a madame certinha, e Frankie, a desencanada e hippie, aprendem a lidar com a personalidade uma da outra e descobrem juntas as liberdades da vida de solteira na meia idade. Trailer aqui

Desventuras em Série

Série baseada na saga de 13 livros de mesmo nome, do autor Daniel Handler, narra a estória de três irmãos, que ficaram órfãos e vão morar com o tio distante chamado Conde Olaf, um homem terrível que tenta de todas as maneiras roubar a herança que eles receberam de seus pais. Em um contexto fantástico, as crianças enfrentam uma série de eventos desagradáveis. Trailer aqui

Bloodline

Uma família de quatro irmãos têm seus segredos antigos trazidos à tona quando um deles, considerado a “ovelha negra” retorna para casa. A trama se desenvolve em uma série de conflitos familiares e cicatrizes de um passado misterioso. Série de suspense, drama e com uma bela fotografia. Trailer aqui.

House of Cards

A escalada ao poder de Frank Underwood, um político que decide conseguir, a qualquer custo, um alto cargo público na capital dos Estados Unidos. Isso envolve corrupções, favores, revoravoltas e até crimes. Trata-se de uma série que mostra como é ser um homem de poder sem escrúpulos. Mais ou menos o que vemos em grande parte da classe política brasileira. Trailer aqui.

BoJack: The Horseman

Cheio de humor nonsense, piadas obscuras e críticas a Hollywood, BoJack acompanha a estória de um cavalo que era um ator famoso em seriado da TV durante os anos 90. Hoje, um alcoólatra desbocado e depressivo, ele luta para seguir em frente na vida, interagindo com diversos tipos de pessoas (e animais) que estão ligados à indústria da TV e do entretenimento. Trailer aqui.

Narcos

O brasileiro Wagner Moura faz o papel de um dos maiores traficantes da história: Pablo Escobar. A série, dos EUA com coprodução colombiana, acompanha a ascensão de Escobar no mundo do crime, e a caçada dele por parte da colaboração entre o CIA e a polícia local da Colômbia. Isso envolve diversos chefões do tráfico e um grande conteúdo histórico que se aproxima bastante dos eventos que aconteceram na vida real. Trailer aqui.

 

Leia também: 

16 séries que rendem muitas gargalhadas

As 20 melhores séries da HBO

Tudo sobre Mindhunter

5 motivos para não assistir OA

Como 13 Reasons Why é muito bom mas é ruim ao mesmo tempo

5 motivos para assistir Stranger Things

Veja também nossas listas de filmes:

12 Filmes de Comédia para você rachar o bico

12 Filmes sobre Solidão para pensar sobre a vida

17 Excelentes Filmes Desconhecidos para você Curtir

26 Excelentes Filmes Baseados em Livros

16 Filmes de Suspense no Netflix para tirar o seu fôlego

15 Filmes de Comédia para você Rir Muito!

Os 19 melhores e mais arrepiantes filmes de terror recentes

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categorias
Cinema e TVListas de SériesSéries e TV

Jornalista, escreve sobre arte, cultura, comportamento, psique, política e assuntos gerais relacionados às ciências, sociedade e mundo geek.