Conheça nove importantes mestres da bruxaria na cultura pop

A Bruxaria na Cultura PopO Halloween é a desculpa perfeita para ver aquele filme de terror (se você for fã), ou um filme de fantasia sobre os muitos seres místicos que o dia aborda. O Dia das Bruxas traz fantasmas, vampiros, lobisomens e bruxas para as telas (sejam as telinhas ou telonas), e em uma diversidade que serve para agradar todo tipo de público. Então que tal conhecer alguns grandes nomes da bruxaria na cultura pop?

A Bruxaria Na Cultura Pop

Dumbledore

dumbledore

Não poderíamos deixar de começar com a saga Harry Potter, não é? J.K. Rowling criou um universo bruxo altamente complexo e profundo, e Dumbledore é um dos maiores e mais poderosos bruxos a que somos apresentados. O velho diretor de Hogwarts tem habilidades que faziam os bruxos das trevas tremer, e nem por isso deixou o poder lhe subir a cabeça, sendo um dos mais benévolos bruxos daquele universo.

Merlin

A-Bruxaria-Na-Cultura-Pop-merlin

Merlin talvez seja o mais poderoso nome desta lista. O personagem teve origem na idade média, onde fazia parte das lendas arturianas, atuando antes mesmo do nascimento de Artur. Foi ele que guiou o rei até Excalibur, e participou de inúmeras histórias envolvendo Artur e até mesmo Lancelot.

O personagem é amplamente usado desde sua criação, figurando em obras de autores como Cornwell, Tennyson, Mark Twain, entre outros, e sua relação com Artur sempre sofre leves mudanças entre as histórias, assim como o alcance de seus poderes.

Com tudo isso, é praticamente inegável que Merlin é um dos maiores bruxos da cultura pop, inclusive sendo referenciado em outras obras, mesmo sem aparecer, como em Harry Potter.

A Bruxa Malvada do Oeste

A-Bruxaria-Na-Cultura-Pop-wicked

Uma das mais icônicas bruxas da cultura pop, a vilã de O Mágico de Oz não poderia ficar de fora da lista. Elphaba, criada por L. Frank Baum, é aquela bruxa clássica das histórias, com seu chapéu pontudo, narigão e vassoura. Quer dizer, ao menos no filme. No livro a descrição da personagem é bem diferente, mas o que realmente pegou foi a bruxa verde interpretada por Margaret Hamilton.

No livro a personagem é apenas má, tentando pegar os sapatos de Dorothy, mas, devido ao sucesso da bruxa, logo foram desenvolvidas novas histórias de Elphaba, aprofundando-a e mostrando que as aparências podem enganar. No fim, ela era uma mulher que sofreu durante boa parte de sua vida, isolada pelo seu poder, e por isso foi desenvolvendo uma raiva enorme por tudo e todos.

Sabrina

A-Bruxaria-Na-Cultura-Pop-sabrina

Você pode não ter assistido à série, mas sem dúvida já ouviu falar da nossa jovem aprendiz de feiticeira. A jovem garota Sabrina descobre, em sua adolescência, que tem poderes, e por isso vai viver com suas tias bruxas, além do gato falante Salem. A série pegava alguns arquétipos claros das bruxas e colocava-os de formas bem divertidas na tela, e obviamente a combinação adolescência + magia gerava um monte de confusões.

Elvira

A-Bruxaria-Na-Cultura-Pop-elvira

Outra bruxa que você dificilmente não deve ter, ao menos, ouvido falar. Elvira era uma apresentadora de filmes de terror, até que sua tia-avó Morgana morre e deixa várias coisas para a jovem em seu testamento, incluindo um livro de magia que ela acreditava conter receitas, e aí a confusão começa. Embora a história não tenha destaques (e o filme não seja realmente bem avaliado), o visual de Elvira a deixou marcada na cultura pop.

Gandalf

gandalf

O poderoso Maiar criado por Tolkien não poderia ficar de fora desta lista. Gandalf é uma figura central nas histórias de Tolkien, guiando Bilbo e Frodo em suas aventuras, além de sua importante ajuda na batalha contra as forças do mal na Terra Média.

Gandalf recebeu o Anel de Fogo logo que chegou à Terra Média com os outros magos, e não demorou a ser considerado o mais sábio dentre eles. Creio que isso já seja o bastante para estar nesta lista, não?

A-Bruxaria-na-Cultura-Pop-hocus-pocus

Winifred, Mary e Sarah Sanderson

As 3 irmãs de Abracadabra fecham a nossa lista com vassoura de ouro. Presente na infância de muitos, elas são o arquétipo perfeito de bruxas, com chapéus, vestes, vassouras e um gosto peculiar por crianças, virgens e gatos pretos. O filme da Disney criou as personagens de forma leve, e, ao invés de darem medo, as Sanderson acabaram marcadas com carinho na mente de muita gente, e ainda há uma boa torcida para um novo filme com elas ser feito.

Não faltam grandes bruxos na cultura pop. Samantha, Bruxa Onilda, Morgana e Dr. Vitor… são muitos os nomes que faltaram nessa lista. Qual você adicionaria aqui? 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Faltou uma menção melhor a nossa querida Morgana, eim? Merecia.