Ciência

Crianças fisicamente debilitadas experienciam a gravidade zero

Crianças fisicamente debilitadas experienciam a gravidade zero

A Agência Espacial Européia (ESA) e a Novespace, subsidiária da CNES, ofereceram uma experiência de gravidade zero para oito crianças fisicamente debilitadas, com a ajuda da associação que organiza o evento, “Rêves de Gosse”.

As crianças vieram de cinco países: Reino Unido, França, Alemanha, Bélgica e Itália – e embarcaram no Airbus A310 Zero G em Bordeaux, França.

A falta de peso é produzida na grande área de cabine desta aeronave durante manobras aéreas repetitivas.

As crianças também participaram de experimentos educacionais, incluindo a iluminação de uma vela, misturando líquidos de diferentes densidades, jogaram ping-pong com bolhas de água e trabalharam com um centrifugador para demonstrar os efeitos da gravidade zero.

Tim Peake (Reino Unido), Frank De Winne (Bélgica), Maurizio Cheli (Itália), Thomas Reiter (Alemanha), Claudie Haigneré e Jean-Francois Clervoy (França) orientaram as crianças a bordo e responderam às suas perguntas.

Dois adultos deficientes: um ex-atleta e personalidade da televisão alemã, Samuel Koch, um forte defensor de causas deficientes, e Philippe Carette, um voluntário e piloto, também participaram do voo.

“A ESA está encantada em apoiar esta iniciativa. Educar e inspirar a audiência tão diversa quanto possível, incluindo a juventude, a ciência e os vôos espaciais, está entre as nossas prioridades e a extensão desta missão de divulgação a crianças de todas as capacidades é duplamente gratificante”, disse o diretor-geral da ESA, Jan Wörner.

O voo foi organizado pela “Rêves de Gosse”, que trabalham há mais de 20 anos para trazer crianças “extraordinárias” (afetadas por deficiência ou doença) e crianças “comuns”, trabalhando em projetos educacionais relacionados à aviação.

Organizações em cinco países selecionaram as crianças: a Fundação Richard em Lyon, França; Universidade alemã de esportes em Colônia, na Alemanha; Nós voamos! Equipe em Seniga, Itália; Happy Days Children Charity em Luton, Reino Unido; e a Fundação Saint-Luc em Bruxelas, Bélgica.

Crianças e adultos debilitados experienciam a gravidade zero

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categorias
CiênciaMundo Geek

Jornalista, co-fundador do Geekness. Foi editor do GamesBrasil, TechGuru e BABOO e repórter das revistas MOVIE, EGW e Nintendo World. Curta o Geekness no Facebook!