Ciência

DNA de 400 mil anos sugere que havia diferentes tipos de humanos na Terra

DNA de 400 mil anos sugere que havia diferentes tipos de humanos na Terra

DNA de 400 mil anos sugere que havia diferentes tipos de humanos na Terra

Nosso planeta pode ter sido habitado por diferentes tipos de seres humanos, indica uma nova descoberta em Atapuerca, na Espanha. O DNA humano foi encontrado em duas gramas de pó de osso de um fêmur de 400 mil anos de idade. O mais velho material do gênero já encontrado.

DNA humano de 400 mil anos insere novas dúvidas em relação a nossas origens

Isso fez com que cientistas levantassem novas questões sobre a raça humana e como se ela desenvolveu ao longo do tempo.

DNA de 400 mil anos sugere que havia diferentes tipos de humanos na Terra

Este material teve o DNA sequenciado e pertenceu ao Homo heidelbergensis, a espécie humana mais antiga já catalogada até o momento.

“Uma análise do DNA mitocondrial deste material, realizada por cientistas espanhóis e alemães, revelou que estes antepassados estariam relacionados aos hominídeo de Denisova e não ao homem de Neandertal, como se acreditava até então e como apontavam suas características anatômicas”, diz a reportagem publicada no site do History Channel.

Isso faz com que cientistas comecem a considerar mais possibilidades durante a evolução. Como o fato de as diferentes espécies do passado terem contato sexual, além de a humanidade ter sido determinada de acordo com mudanças geográficas e genéticas.

No final das contas, a descoberta apenas coloca mais dúvidas em relação à questão “de onde viemos?”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categorias
CiênciaMundo GeekNews

Jornalista, co-fundador do Geekness. Foi editor do GamesBrasil, TechGuru e BABOO e repórter das revistas MOVIE, EGW e Nintendo World. Curta o Geekness no Facebook!