Ciência

Islândia impõe igualdade salarial entre homens e mulheres

No primeiro dia de janeiro, a Islândia celebrou nova vitória de uma luta que mulheres em nível global ainda enfrentam; se tornou o primeiro país a implementar lei que impõe igualdade salarial entre homens e mulheres, a qual torna obrigatório todas as empresas privadas e agências governamentais comprovarem suas políticas de igualdade. Os que não a cumprirem, estão sujeitos a multas.

Isso prova porque o país está entre os mais progressistas do mundo.

A pressão das trabalhadoras islandesas foi fundamental no processo, visto que 90% das mulheres aderiram ao protesto que aconteceu em outubro sobre a causa. Além disso, a nova lei foi aprovada por todos os partidos políticos do Parlamento, no qual 50% dos deputados e funcionários são mulheres.

Em nove anos consecutivos, a ilha nórdica lidera o primeiro lugar no ranking do Fórum Econômico Mundial sobre os países nos quais há mais igualdade de gênero – Noruega, Finlândia, Ruanda e Suécia sucedem as posições.

Thorsteinn Viglundsson, ministro da igualdade e assuntos sociais da Islândia, se posicionou:

“OS DIREITOS IGUAIS SÃO OS DIREITOS HUMANOS. O FOSSO SALARIAL DE GÊNERO É, INFELIZMENTE, UM FATO NO MERCADO DE TRABALHO ISLANDÊS E É HORA DE TOMAR MEDIDAS RADICAIS, TEMOS O CONHECIMENTO E OS PROCESSOS PARA ELIMINÁ-LO”

Os resultados são do Global Gender Gap (Fórum Econômico Mundial), que analisa a evolução da igualdade desde 2006 entre 144 países do mundo, com base em indicadores como oportunidades econômicas e participação política.

Enquanto este assunto está cada vez mais em pauta em todo o mundo e mulheres se impõem diante de seus direitos, o relatório aponta ainda que a desigualdade de gênero voltou a crescer pela primeira vez no mundo, após quase uma década de avanços. Segundo o Fórum Econômico Mundial, caso isso seja mantido, será necessário um século para reduzir a diferença em escala global. O motivo desta queda foi a redução de presença das mulheres na economia e política.

O Brasil ocupa a 90º posição no ranking que, em 2006, chegou ao 67º.

Ainda temos muito que aprender.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categorias
CiênciaSociedade

Jornalista, escreve sobre arte, cultura, comportamento, psique, política e assuntos gerais relacionados às ciências, sociedade e mundo geek.