SP terá um dos maiores corredores de grafite da América Latina

São Paulo terá um dos maiores corredores de grafite da América Latina
Imagem: Heloisa Ballarini / Secom

Depois grafitar o Pato Donald nas ruas de São Paulo e de pouco a pouco conquistar o coração dos paulistanos com atitudes simples, o prefeito Fernando Haddad aprovou intervenções de grafite em mais de 70 muros da avenida 23 de Maio, uma das mais importantes e movimentadas avenidas da cidade.

A partir da primeira semana dezembro, mais de 200 artistas participarão na produção de 15 mil metros quadrados de murais com a arte urbana.

A ideia é que o projeto seja concluído entre o fim de janeiro e início de fevereiro, se tornando um dos maiores corredores de grafite da América Latina, a frente dos murais da Copa do Mundo, situados na zona leste, até então considerado o maior.

23 de maio sediará um dos maiores corredores de grafite da América Latina

“A ideia é de trazer a arte para a rua, humanizar a cidade e democratizar o acesso a arte”, disse o secretário de cultura, Juca Ferreira, ao site da prefeitura de São Paulo.

Além dos materiais para a produção dos grafites, a Prefeitura dará auxílio na segurança dos artistas com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), na limpeza dos muros, ampliação da iluminação e corte de grama.

“Esse tipo de arte existe no mundo inteiro, mas aqui em São Paulo, é um dos mais desenvolvidos, porque foi assimilada pela paisagem urbana. Essa arte tem a função de dialogar, colorindo o cinzento da cidade, substituindo muros frios e que dividem por muros artísticas que melhoram o padrão e humanizam a cidade”, concluiu o secretário municipal de cultura, Juca Ferreira.

Mais informações: capital.sp.gov.br | (Via)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...