Ilustrador da Marvel é demitido após mensagem de ódio nas HQs do X-Men

O desenhista indonésio/muçulmano Ardian Syaf foi demitido da Marvel por ser acusado de disseminar ódio nas HQs do X-Men.

Syaf foi responsável pela arte da revista X-Men Gold #1, e inseriu duas imagens com mensagens religiosas e de ódio na publicação.

As imagens que refletem o ódio nas HQs do X-Men

Ilustrador da Marvel é demitido após mensagem de ódio nas HQs do X-Men

Uma das cenas mostra Colossus com uma camiseta com “QS 5:51“ escrito. Se refere a uma passagem do Alcorão que diz: “Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si“.

A segunda imagem traz o número 212 na fachada de um prédio, o qual faz referência a um protesto contra um governador cristão na Indonésia.

Ambas as menções e mensagens, na verdade, vão totalmente contra os ideais dos próprios X-Men, o qual representa um grupo de mutantes que luta por igualdade.

Tanto que a Marvel emitiu um comunicado especificando:

“[As Mensagens] não refletem a visão do autor, dos editores ou de qualquer outra pessoa na Marvel e vão contra os ideais de inclusão que a Marvel Comics e os X-Men defendem desde sua criação.”

Ardian Syaf, o ilustrador responsável, declarou:

“Minha carreira acabou agora. É a conseqüência do que eu fiz, e eu aceito. Nesta última chance, eu quero lhe dizer o verdadeiro significado dos números, 212 e QS 5:51. É número de JUSTIÇA. É número de AMOR. Meu amor ao Alcorão Sagrado… meu amor ao último profeta, o Mensageiro… meu amor a Alá, O Único Deus. Peço desculpas por todo o barulho. Adeus, Que Deus os abençoe a todos. Eu amo tudo em você.”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...