Logo

O que visitar no Vale do Silício?

Stanford-divulgação

É uma expressão batida, mas não tem como fugir dela: o Vale do Silício é a “meca dos geeks”. A lista de empresas sediadas nessa região da Califórnia é imensa: Google, Facebook, Apple, Microsoft,Twitter, Whatsapp, HP, Dell, Intel, IBM, Mozilla, Siemens são só algumas das mais importantes, além da Universidade de Stanford, uma das principais instituições de pesquisas tecnológicas do mundo.

O Vale do Silício começou a se desenvolver após a Segunda Guerra Mundial, quando o governo americano viu a necessidade de implementar uma região de incentivo ao desenvolvimento científico e tecnológico por conta de sua disputa com a Rússa durante a Guerra Fria.

Hoje é destino obrigatório para qualquer um que se considere geek. Em parceria com o Dubbi, plataforma colaborativa de viajantes, selecionamos o que fazer por lá.

Garagem da HP

garagem-hp-divulgacao

367 Addison Avenue, Palo Alto, Califórnia. Anote bem esse endereço. É que foi nele que os amigos William Hewlett e David Packard começaram a trabalhar em um oscilador de frequência, que daria origem à empresa HP, em 1939. Na frente da casa, uma placa conta toda a história.

A ideia inicial surgiu de um professor de William e David, que sugeriu que a região se tornasse um polo de tecnologia referência mundial e incentivou seus alunos a começarem um negócio próprio, em contraposição às grandes companhias do leste.

A casa –um charmoso sobrado de tijolo a vista– atualmente é propriedade particular, então não vá achando que vai poder conhecê-la por dentro. Um aviso até deixa claro que quem desrespeitar o limite da propriedade pode ser processado. Ainda assim, o governo da Califórnia reconhece o espaço como ponto histórico (Local de Nascimento do Vale do Silício), onde é possível ver dezenas de visitantes por dia.

Googleplex

Googleplex_Wikimedia

Não é preciso dar um Google quando estiver por lá: tudo é muito bem sinalizado no complexo do Google, em Mountain View, na Califórnia, que abriga cerca de 50 prédios. A entrada é pela sede, na 1600 Amphitheatre Parkway.

Para chegar mais rápido de um ponto a outro dentro do complexo, use uma Google Bike, disponivel gratuitamente a quem estiver por lá. É só pegar uma e sair andando. Não existe um tour público oficial, mas os funcionários costumam ajudar os visitantes que se dispõem a conhecer um pouco mais da empresa que mudou os rumos da internet.

Lá dentro você vai encontrar carros do Google Maps, bonequinhos do Android, cachorros –a empresa é “dog friendly”, ou seja, é permitido aos funcinários levar seu pet no expediente– e até mesmo Larry Page ou Sergey Brin, os fundadores do Google, que frequentemente são vistos em espaços comuns.

Infinite Loop (Apple)

apple

Essa rua em Cupertino, Califórnia, cujo nome é baseada no conceito de programação de “loop infinito”, engloba os seis principais prédios da Apple que se alocam em forma de círculo. É praticamente impossível visitar a cidade sem se deparar com Apple –cerca de 40% da população economicamente ativa trabalha na empresa fundada por Steve Jobs.

Infelizmente, nenhum dos prédios é aberto ao público. Mesmo assim, a sensação de estar no centro da empresa que comandou uma revolução no mundo tecnológico, com os iPhones, faz a visita valer a pena. Com um agendamento prévio com a assessoria da empresa, você pode ao menos conhecer os cafés que são abertos ao público.

Em breve, um novo prédio poderá ser observado (mesmo que de longe). Está em construção o novo megacampus (708 mil metros quadrados) da Apple, em forma de nave espacial, e que deve ficar pronto em 2017.

E, para incrementar a parte Apple deste tour, vale conhecer outra garagem, esta a que Steve Jobs e Steve Wozniak começaram a desenvolver o Mac. O endereço é 2066 Crist Drive, Los Altos, California e o acesso é bem fácil. Mas o mesmo conselho da HP vale para esta: não dá para entrar.

Universidade Stanford

As universidades americanas costumam ser repletas de áreas verdes e atividades de lazer ao ar livre. E não é diferente na Universidade de Stanford, localizada em Palo Alto, e palco do famoso discurso de Steve Jobs para formandos, proferido há dez anos.

Dá para conhecê-la por meio de um tour com um guia ou sair explorando por conta própria –mas cuidado ao andar por lá, pois o uso de bicicletas e skates é comum entre os alunos para se locomover.

No Oval Park, jovens praticam diferentes esportes e tomam sorvete no gramado. Siga em direção ao Memorial Court. O jardim do local possui estátuas do francês Auguste Rodin. “Os Burgueses de Calais” formam um verdadeiro museu a céu aberto. A arquitetura do local impressiona, como os arcos do Memorial Court, a Hoover Tower e a Memorial Church, igreja com belos mosaicos dentro e fora.

Horário de visita: de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Redação Geekness

News. Art. Tech. Games. Lifestyle. Music. Movies & Geekness. Curta o Geekness no Facebook!