Cinema e TV

Os grandes filmes de 2015

grandes-filmes-de-2015

grandes-filmes-de-2015

2015 foi um bom ano para o cinema. De blockbusters a indies, brasileiros a turcos, ação a drama, não faltaram ótimos títulos para o público, que não só viu bons filmes, mas também obras importantes. O que dizer do protagonismo de Furiosa (Mad Max: Estrada da Fúria) ou Rey (Star Wars: O Despertar da Força)? Ou do potente Selma? Da atuação de Regina Casé em Que Horas Ela Volta? (e do filme levando prêmios)?

Enfim, sem mais demoras, vamos a uma lista dos grandes filmes de 2015, sem ordem de preferência:

Os Grandes Filmes de 2015

grandes-filmes-de-2015-whiplash

Whiplash

O segundo filme do diretor Damien Chazelle levou algumas estatuetas no Oscar, inclusive para J.K. Simmons, como coadjuvante, e apresentou uma história tensa sobre um aluno de música disposto a tudo para se mostrar bom, e um professor sem escrúpulos. A edição de som do filme é fantástica, assim como a trilha, e as atuações de Miles Teller e Simmons são de encher os olhos.

grandes-filmes-de-2015-selma

Selma

A potente história de um momento importante na luta pela liberdade dos negros nos EUA, a travessia de Selma à Montgomery, é pesada e mostra que, mesmo após décadas, a discussão não poderia ser mais atual. O filme foi esquecido no Oscar, mas traz atuações e uma direção marcante (de Ava DuVernay), além de uma canção original que levou um Oscar para casa, Glory (de John Legend e Common).

grandes-filmes-de-2015-kingsman

Kingsman – O Serviço Secreto

Uma das surpresas mais agradáveis que tive esse ano, Kingsman é uma paródia muito bem feita dos filmes de espionagem. Com uma história cheia de referências ao universo da espionagem, atuações bem legais (especialmente de Colin Firth e Taron Egerton), é um filme recheado de ação e cenas marcantes (vindas da ótima visão do diretor Matthew Vaughn). Não tem como esquecer a belíssima cena da igreja ou a explosão de cabeças.

grandes-filmes-de-2015-mad-max-estrada-da-furia

Mad Max – Estrada da Fúria

O que considero o segundo melhor filme deste ano (junto com Star Wars), apesar de ser o mais importante, Mad Max é um espetáculo. A volta da franquia, sob as mãos de George Miller, é uma mistura perfeita do cinema de arte com o blockbuster, entregando cenários lindíssimos e uma trilha sonora marcante ao mesmo tempo em que a ação não para por mais do que uns pouquíssimos minutos. Mad Max é uma lição para Hollywood, que pode achar ali uma nova maneira de criar blockbusters, além de aprender sobre protagonismo feminino. TESTEMUNHEM!

grandes-filmes-de-2015-ex-machina

Ex Machina

Essa ótima ficção científica passou totalmente despercebida no Brasil, sendo lançada direto em DVD/Blu-ray e derivados, mas nem por isso não é marcante. A história trata de forma filosófica e interessante as possibilidades da evolução da inteligência artificial, levantando questões importantes nessa trama e deixando bastante espaço para pensar. Não bastasse isso, o filme traz Oscar Isaac, Alicia VikanderDomhnall Gleeson brilhantes em seus papéis, além de ter o que julgo ser a segunda melhor cena de dança deste ano.

grandes-filmes-de-2015-divertida-mente

Divertida Mente

O meu favorito deste ano, Divertida Mente é a Pixar voltando a ser tocante, criativa e sensível como só ela sabe. A aventura que acompanha os sentimentos dentro da cabeça da pequena Riley é poética e nos mostra a importância de se deixar sentir. As discussões e a relação entre Tristeza e Alegria são um dos pontos altos do filme, assim como a breve, porém certeira, participação do personagem Bing-Bong.

grandes-filmes-de-2015-missão-impossível-nação-secreta

Missão Impossível – Nação Secreta

Missão Impossível já havia nos entregados duas boas aventuras de Ethan Hunt (Tom Cruise) nos últimos filmes, mas aqui elevou seu nível. Com uma mistura equilibrada de ação e comédia, o filme consegue entregar uma história envolvente, além das ótimas cenas envolvendo Tom Cruise (cada vez mais louco, deve dar uma dor de cabeça para as seguradoras) e Rebecca Ferguson, que é a grande surpresa do filme, roubando a cena diversas vezes.

grandes-filmes-de-2015-magic-mike-xxl

Magic Mike XXL

A maior surpresa que tive este ano veio desse filme. Com sua estratégia de não ter roteiro (é basicamente ir do ponto A ao B, e isso), e sem arcos dramáticos, sobra espaço no filme para discussões gerais sobre envelhecimento, sonhos, e tudo que quiseram inserir nas falas. Ao abordar assuntos de forma leve, tudo pareceu mais natural, especialmente a comédia, um dos pontos altos do filme (as piadas englobam todo o mundo da cultura pop). A coreografia é outro ponto alto do filme, tendo a melhor cena de dança que vi esse ano, onde Joe Manganiello tenta fazer uma entediada atendente de um posto de estrada sorrir.
grandes-filmes-de-2015-eu-voce-e-a-garota-que-vai-morrer

Eu, Você e a Garota que Vai Morrer

Esse filme com um aspecto indie ficou no coração do público mais jovem. A história da amizade entre um garoto e sua colega de classe que foi diagnosticada com cancêr se diferencia bastante da comparação mais comum, A Culpa É Das Estrelas, abordando questões de amizade e suas peculiaridades. Ainda há espaço para uma subtrama que deve agradar aos fãs de cinema, e o diretor consegue dar um ar psicodélico para o filme em diversos momentos.

grandes-filmes-de-2015-perdido-em-marte

Perdido Em Marte

Após o fracasso de Prometheus, Ridley Scott conseguiu se reerguer com o belo Perdido em Marte. Fugindo da atmosfera opressora e densa dos ótimos Gravidade e Interestelar, o filme adota um tom leve, cheio de comédia, para mostrar o resgate de um astronauta esquecido em Marte. A pesquisa científica do filme e a atuação de Matt Damon são os pontos altos dessa obra, mas há espaço para um visual deslumbrante e uma trilha sonora espetacular que, é claro, tem David Bowie.

grandes-filmes-de-2015-sicario

Sicário – Terra de Ninguém

Um nome forte para o Oscar de 2016, Sicário passou despercebido pelos cinemas daqui. O diretor Denis Villeneuve entregou um suspense policial carregado e denso, com cenas impactantes e as atuações marcantes de Emily Blunt e Benicio Del Toro (que está monstruoso neste filme). A história acompanha uma agente do FBI que aceita participar de uma ação do governo para destruir um líder do narcotráfico, mas, assim como em Tropa de Elite, descobre que as coisas não são tão simples.

grandes-filmes-de-2015-ponte-dos-espiões

Ponte dos Espiões

O drama de Steven Spielberg é a cereja no topo do bolo que foi o gênero de espionagem neste ano. Ponte dos Espiões é um filme inteligente sobre a Guerra Fria e como o medo afetou os EUA, a URSS e a Alemanha. A história acompanha um advogado que deve negociar uma troca de prisioneiros entre as duas potências bélicas, e nisso Spielberg abusa dos diálogos, impulsionados pela ótima atuação do Tom Hanks, que protagoniza o filme. É uma produção que deve ser bem lembrada no Oscar!

grandes-filmes-de-2015-que-horas-ela-volta

Que Horas Ela Volta?

Este belíssimo filme brasileiro é um forte tapa na cara das classes mais altas do país, levantando questões importantes sobre preconceitos e questões familiares. A boa fotografia, roteiro e as atuações marcantes, especialmente de Regina Casé, transformaram Que Horas Ela Volta? em um favorito da crítica, ganhando prêmios internacionais e concorrendo uma vaga ao Oscar de Filme Estrangeiro (que infelizmente não rolará, pois o filme não ficou entre os finalistas).

grandes-filmes-de-2015-star-wars

Star Wars: O Despertar da Força

O filme mais hypado deste ano não poderia faltar nesta lista. 30 anos nos separaram de Han Solo, Leia Organa e Luke Skywalker, mas a espera valeu a pena. O filme dirigido por J.J. Abrams reacendeu a paixão de muitos pela franquia, além de apresentá-la com sucesso para novos públicos. A história, apesar de não ser a mais original, cumpriu bem seu papel, além de apresentar um novo trio que, além de carismáticos, mostram uma importante evolução na saga, já que temos um latino, um negro e uma mulher no centro da trama. E devemos ficar de olho em John Boyega e Daisy Ridley, que devem crescer muito após suas ótimas atuações.

Faltaram alguns filmes nesta lista, seja por seu lançamento no país não ter ocorrido ainda (como Creed, Spotlight, Os 8 Odiados, entre outros), e alguns filmes que preferi deixar de fora para não aumentar muito o texto (como A Espiã Que Sabia de Menos, Cop Car, A Travessia…).

Qual a sua lista de melhores filmes de 2015? Deixa ela aí nos comentários 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categorias
Cinema e TVEspeciais

Aspirante a jornalista, viciado em cultura pop, cinema e comportamento na internet. Vive em uma avalanche de novas séries e filmes para assistir e acompanhar.