Logo

Pho, esse macarrão é bom mesmo!

Diretamente do sudeste asiático, vamos falar sobre o maravilhoso, estupendo, delicioso e aromático Pho! Afinal o que é? Do que é feito? É saboroso? É bom para a dieta? A resposta para todas as questões vem a seguir.

Pho, originário do Vietnã, esta belíssima forma de servir o macarrão de arroz em uma sopa transparente, cheia de sabor e quente como o verão da época das monções em locais como Saigon ou era Hanói? É devorado por todo o país e ao redor do mundo.

Não se sabe a origem ao certo, mas o prato surgiu no começo do século XX e foi popularizado durante a Colonização Francesa. O que se tem notícia é que as primeiras barracas que vendiam o Pho surgiram em 1918. Este prato é tão leve que é devorado no café da manhã e dá sustância tamanha que até o Robin Williams dá um alegre bom dia!

O Pho consiste basicamente de um macarrão de arroz, um caldo feito de paleta de boi, ossos cozidos por horas em água, temperados com cebola, alho, anis estrelado, cominho, coentro moído, canela, cardamomo e pimenta do reino. Mas, claro, existem variações de tempero, com particulares de cada cozinheiro. Guarnecido de brotos de feijão, coentro fresco e uma fatia ou duas de peito bovino, acém ou paleta, acompanhado de molho hoisin, sriracha (pimenta) e limão.

Vietnamese-Pho-Recipe-1

O Pho pode ser também feito com caldo de camarão, frango guarnecido de frutos do mar, peito de frango ou uma versão completamente vegetariana com caldo de vegetais. E por ser tão leve ele é ótimo para incluir em dietas.

O apresentador e chef Anthony Bourdain é um dos maiores amantes deste prato delicioso.

Aqui no Brasil, o Pho pode ser encontrado na versão instantânea em mercearias do bairro da Liberdade, em São Paulo.

Leia mais sobre Gastronomia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Philip Shin

Shin é apaixonado pelas culinárias ocidental & oriental, mangá, anime, séries, quadrinhos, livros, jogos, mitologias e filmes. Ama um bom debate sobre o tudo e o nada de preferência regado com umas boas doses de álcool. Foi colaborador do blog Tarja Preta.org. Seu jogo favorito de todos os tempos é o Cards Against Humanity.