Cinema e TV

Uma Nova Chance para Amar – Crítica

Uma Nova Chance para Amar - Crítica

A vida é um total descontrole. Ninguém sabe o que vai acontecer no próximo minuto e você precisa estar preparado para o que pode vir. Mas é claro que ninguém está preparado. Esta é a história de Nikki (Annette Bening), uma mulher de meia idade que perde o marido durante a celebração de trinta anos de casamento. Nikki e Gerrett (Ed Harris) estão de férias em uma praia no México e, depois de algumas tequilas, ele resolve dar um mergulho no mar deixando a sua vida por lá.

Cinco anos depois, Nikki encontra um homem muito parecido com seu antigo marido e se torna uma stalker de Tom (também interpretado por Ed Harris), um professor de artes divorciado que sofre de problemas no coração. O envolvimento dos dois começa com a pior das hipóteses para o início de relacionamento: com mentiras. Ela não revela que o marido está morto, nem tampouco que os dois se parecem; e ele não conta que sofre de uma doença terminal. Eles simplesmente se agarram um ao outro na esperança de um resquício de felicidade.

Uma-Nova-Chance-para-Amar1

Uma Nova Chance para Amar é um daqueles filmes que você sabe que a chance de chorar é de 99%. Não tem jeito, o filme começa sentimental e segue durante uma hora e meia com momentos de aflição no qual acompanhamos todo o luto de Nikki. Mas esses filmes totalmente melancólicos fazem um bem maior que apenas fazer chorar. Nos fazem refletir e nos sentir gratos pela vida que temos, pelo parceiro que temos, por respirar feliz mais um dia.

Como se trata de um amor maduro, o filme aborda também a questão da passagem do tempo e o quanto é difícil se reconhecer no espelho com todas as marcas registradas na pele. “Quem essa velha instaurada no meu corpo”, diz Nikki. “Eu odeio envelhecer, não deveria falar isso. Deveria falar que gosto de ficar mais maduro, mais sábio, mas isso não é verdade”, responde Tom.

Um Nova Chance para Amar é um filme genuinamente triste e não melhora ou leva a protagonista para um passo de superação. O filme é nu e cru como a vida, no qual todos os acontecimentos deixam marcas que vão estar em você para sempre.

Nota: 3/5

3estrelas

Uma-Nova-Chance-para-AmarUma Nova Chance para Amar

Direção: Arie Posin
Elenco: Annette Bening, Robin Williams, Ed Harris
Título original: The Face of Love
Gênero: Drama, Romance
Nacionalidade: EUA
Lançamento: 18 de setembro de 2014

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categorias
Cinema e TVCríticasCríticas de FilmesNews

Jornalista interessada em arte, tecnologia, cultura e sempre em busca de novas histórias. Se você tem uma, não deixe de me contatar no Facebook, Instagram ou no Twitter.